SENADO APROVA NOVA LEI DE FRANQUIAS COM APOIO DA ABF – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRANQUIAS.

PRÓXIMO PASSO: SANÇÃO PRESIDENCIAL, QUAIS PODEM SER OS IMPACTOS?

Tramita no Senado Federal, Projeto de Lei 219, de 2015 (n. 4.386/12 na Câmara dos Deputados Federais), aprovada pela Câmara dos Deputados Federais e pelo Senado, com o apoio da ABF – Associação Brasileira de Franchising, que segue para sanção presidencial. Após sanção, revogará a Lei nº 8.955, de 15 de dezembro de 1994 (que dispõe sobre o contrato de franquia empresarial – franchising - e dá outras providências) e trará maior proteção às relações comerciais entre franqueado e franqueador.

 

Muito mais clara e específica com relação às questões práticas decorrentes da relação, como por exemplo, sublocação de imóvel pelo franqueador ao franqueado: de acordo com a lei tanto o franqueador como o franqueado poderão propor ação renovatória de aluguel, regras de sucessão e de transferência dos direitos e obrigações, existência de quotas mínimas de compra, indicação de existência de associação ou conselho de franqueados, indicação de regras de limitação à concorrência entre franqueador e franqueado e, entre franqueados, local, dia e hora para recebimento da documentação proposta dente e outros.

 

Historicamente, com o advento da Lei nº 8.955, de 15 de dezembro de 1994, o mercado das franquias no Brasil se consolidou, como demonstram os seguintes números da AEDB (Fonte: https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos15/31622345.pdf): em 2004 havia aproximadamente 750 redes de franquias no Brasil, enquanto que em 2014, havia 3000 redes (crescimento de 300%) e o faturamento passou de R$30bilhões (em 2004) para aproximadamente R$127bilhões (422%).

 

Agora é aguardar como o mercado se movimentará com o advento da nova lei. Nossa expectativa é que em longo prazo, os reflexos serão muito positivos, com aumento do número de franquias e fortalecimento do mercado, na mesma linha do histórico anterior, claro, se não houve qualquer ruptura econômica ou externalidade que afete essa curva crescente de modo negativo.

Logo Godke Advogados.jpg

São Paulo - Brasil

Brasília - Brasil

Natal - Brasil

Curitiba - Brasil

Aventura - Flórida

Lisboa - Portugal

© Copyright Godke Advogados - All rights reserved.